sábado, 2 de julho de 2011

Reunião Pública _ Convite

PLATAFORMA CIDADES // ASSOCIAÇÃO COMERCIAL DE AVEIRO


Estudo da Cultura Recreativa
como Instrumento de Prevenção


conduzido e apresentado por

Fernando J.F. Mendes e colaboradores

IREFREA - European Institute of Studies on Prevention



A busca da Cidade Querida faz-se, também, estudando usos e suas correlações com a estrutura, forma e vida urbanas.

A Diversão Nocturna em Aveiro tem um enorme impacto, quer na qualidade de vida dos cidadãos, quer nas expectativas de quem a pratica, quer, finalmente, nos processos socioeconómicos e culturais que lhe estão associados.

A Plataforma Cidades e a Associação Comercial de Aveiro (ACA) promovem – no Salão do Edifício Sede da ACA (*), no próximo dia 6 de Julho (Quarta-feira), das 18h30 às 19h45, uma reflexão sobre os resultados do Estudo em título, centrando-a no caso de Aveiro e no modo como isso interfere na vida urbana.

O Estudo será apresentado pelo Dr. Fernado Mendes – responsável nacional e co-responsável europeu pelo Projecto –, e pelo Dr. Emídio Abrantes – responsável pelo caso de aveiro.


objectivos do projecto

Do conjunto de objectivos gerais do projecto vamos procurar centrar-nos nos que seguem

- Conhecer as melhores medidas de prevenção associadas ao contexto recreativo

- Produzir informação para diagnosticar as áreas de lazer, nas cidades ou arredores

- Diagnosticar e avaliar em que fase está cada cidade.

- Definir problemas e associá-los à respectiva iniciativa de prevenção. Propor acções preventivas para cada cidade. Elaborar um "manual de boas práticas preventivas" para um modelo integral

(…)


conclusões

Do conjunto das conclusões alcançadas destacamos [que]

- As medidas de redução de riscos são importantes e necessárias mas não são suficientes porque não questionam a lógica da cultura recreativa


Convite

Certos do V/ interesse por estas matérias, vimos convida-lo(a) a participar na reunião acima.
(*), R. Conselheiro Luís de Magalhães, 25



Aveiro; 30JUN11

Direcção da Associação Comercial de Aveiro & Pompílio Souto e Emídio Abrantes